Enquete: o tamanho é documento? elas preferem as maiores motos as famosas BlG

Ducati Aumenta Potência

Montada em Manaus, naked agora tem 152 cv de potência máxima a 9.250 rpm.

A Ducati apresentou a Monster 1200S 2017 no Brasil com diversas melhorias e uma grande novidade: o modelo agora será montado em Manaus (AM) e estará disponível somente na esportiva versão “S”

“Além do preço mais competitivo, temos mais agilidade na reposição de peças com apenas uma versão”, revelou Fernando Filie, gerente de marketing da Ducati no Brasil. Segundo o executivo, a previsão de vendas é de 100 unidades.

Nova opção de cor Liquid Concrete Gray segue tendência de carros esportivos… – Veja mais em https://infomoto.blogosfera.uol.com.br/2017/07/23/ducati-aumenta-potencia-e-reduz-preco-da-monster-1200-s-r-59-900/?cmpid=copiaecola

Renovada para 2017, a naked esportiva ficou mais potente: agora são 152 cv de potência máxima a 9.250 rpm, contra 147 cv da versão anterior. Além disso, ganhou tecnologia de última geração.

Tanque ficou mais compacto e “perdeu” 1 litro: agora cabem 16,5 litros de combustível… 

Visualmente a Monster 1200S não mudou muito, mas um olhar mais atento revela formas mais compactas e um novo farol com iluminação diurna de LEDs. O tanque ficou menor, com um litro a menos (16,5 l), e a rabeta foi encurtada. O mon… – Veja mais em https://infomoto.blogosfera.uol.com.br/2017/07/23/ducati-aumenta-potencia-e-reduz-preco-da-monster-1200-s-r-59-900/?cmpid=copiaecola

 

Motor tem novo sistema de alimentação e mais torque em baixos giros… 

A eletrônica da Monster 1200S ganhou uma importante novidade: a IMU (Inertial Measurement Unit), a tal unidade de medição inercial que analisa a posição da moto em seis eixos e faz com que o controle de tração e os freios ABS func… – Veja mais em https://infomoto.blogosfera.uol.com.br/2017/07/23/ducati-aumenta-potencia-e-reduz-preco-da-monster-1200-s-r-59-900/?cmpid=copiaecola

A naked manteve os mesmos três modos de pilotagem – Urban, Touring e Sport – que ajustam de formas diferentes a resposta do motor e todos os controles eletrônicos com parâmetros de fábrica. Mas também é possível personalizar cada um deles. Confesso que, com a pista livre para acelerar, mantive no modo “Sport”, com resposta mais instantânea do acelerador e baixa intervenção da eletrônica, mas ainda assim com uma “rede de segurança” para se para se divertir em Interlagos….

Modos de pilotagem mudam o painel: Urban, Touring e Sport (da esq. para a dir.)… –

Nas curvas, o quadro da Ducati e as suspensões Öhlins fazem jus à fama: transmitem ao piloto as sensações da pista. Os freios e suspensões também mostram seu valor. As pinças Brembo M50 com discos de 330 mm ainda são “exagerados” para o uso mais civilizado, porém adequados para a pista….

Conclusão:

Conjunto ciclístico da naked é excelente e diversão é garantida na pista 

Quando a Ducati alardeou o lançamento de uma nova Monster 1200S, ficamos com aquela pulga atrás da orelha: “mas o que mudou?”. As mudanças, embora discretas, aprimoraram a naked. A começar pelo sistema de alimentação do motor, que promete um comportamento mais dócil, principalmente em baixos giros. Mas como rodei na pista, só pude experimentar para valer mesmo a potência maior em altos giros. Entretanto, foi possível perceber a evolução nos controles que permitem abusar do acelerador sem medo da “patada” do motor L2.

As melhorias ciclísticas podem ser notadas na entrada de curva: a renovada 1200S está mais arisca e “deita” com mais facilidade. Por outro lado, o ângulo de esterço do guidão ficou ainda mais limitado e o assento, apesar de ser ajustável, está 10 mm mais alto: duas características que prejudicam o uso diário da nova Monster.

Controle de tração e ABS ficaram mais precisos em função do sensor de medição inercial… –

Para ver mais Informações Clique aqui